Brasil

O Brasil é o terceiro maior produtor de vinhos da América do Sul, atrás da Argentina e do Chile. E, apesar de alguns ainda torcerem o nariz para os vinhos de origem nacional, o Brasil e seus promissores vinhos são cada vez mais reconhecidos no cenário vitivinicultor mundial. Além dos espumantes de muita qualidade com bom custo-benefício, o Brasil produz vinhos brancos e tintos secos, de estilo fresco, que podem ser muito atraentes, e vinhos de sobremesa igualmente interessantes. Mas vale ressaltar que cerca de 85% da produção de vinhos, no Brasil, ainda corresponde aos vinhos de mesa, sendo que os vinhos finos ainda representam uma parcela muito pequena. Se quiser ler sobre a diferença entre esses dois tipos de vinho, clique aqui. A história da produção de vinhos, no Brasil, atingiu volume significativo apenas no início do século 20, apesar de algumas tentativas preliminares de plantação de vinhas ao longo do século 16. Mas, foi somente a partir da década de 1970 que começaram a surgir os primeiros vinhos realmente de alta qualidade. E foi a abertura de mercado, na década de 1990, o primeiro grande estímulo para o aprimoramento da produção de vinhos, com produtores investindo em vinhedos e em vinícolas. Atualmente, os vinhedos brasileiros ocupam uma área de 83,7 mil hectares, e nesse mercado atuam cerca de 1.100 vinícolas. A maioria dos vinhos brasileiros são produzidos no sul do país, no estado do Rio Grande do Sul, e também em Santa Catarina. Mas também é possível encontrarmos excelentes produtores na divisa entre os estados da Bahia e de Pernambuco, e nos estados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso

Brasil

Pague com
  • PagHiper
Selos

Armazém e Restaurante Portugal LTDA - CNPJ: 28.955.041/0001-50 © Todos os direitos reservados. 2020

Visite Nossa Loja Física: Av. Portugal, 1505 - Jardim Bela Vista, Santo André - SP, CEP: 09041-321